quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Resenha: Branca dos Mortos e os 7 Zumbis

Exibindo 20161214_074755.jpg

SIGA O BLOG NO INSTAGRAM @feed.by.gugel LÁ TEM CONTEÚDO EXCLUSIVO

Oi oi gente!
Finalmente essa resenha saiu, tô prometendo ela já tem um tempinho e eu nem sei por onde começar. Gostei demais do livro!

SINOPSE
Em 'Branca dos Mortos e os Sete Zumbis', Fábio Yabu resgata a tradição clássica dos contos de fadas dos irmãos Grimm e de Hans Christian Andersen, onde as histórias, mais que um simples entretenimento, servem como lições para moldar o caráter das crianças, na maior parte das vezes por meio do medo. Aqui, não há meias-palavras nem eufemismos. O mundo encantado de Yabu é atormentado, sombrio e com altas doses de tensão sexual. Os contos seguem o mote de sucessos da televisão atual, como as séries Grimm e Once Upon a Time. Protagonizadas por personagens dos contos de fadas, revelam facetas nunca antes imaginadas de suas personalidades. Além disso, os doze contos que compõem Branca dos Mortos e os sete zumbis formam uma narrativa não-linear que culmina num desfecho aterrorizante. A obra ainda conta com as ilustrações de Michel Borges, que acompanha o autor desde seus primeiros projetos. As ilustrações de Michel homenageiam os desenhos clássicos dos contos de fadas, com toques sombrios, e complementam a atmosfera sinistra e misteriosa criada por Yabu.

Esse é o primeiro livro nacional que eu compro em anos, gosto muito de histórias com uma pegada mais sombria, e revirando as prateleiras da Saraiva, por acaso eu encontrei.

Exibindo 20161214_074848.jpg

O livro tem 12 contos: Branca dos Mortos e os 7 Zumbis; João, Maria e Os Outros; Os 3 Lobinhos; A Vendedora de Fósforos e o Vingador; Cindehella e o Sapatinho Infernal; A Confissão; Bela Incorrupta, O Monstro; O Cemitério; Samarapunzel; O Fim de Quase Todas as Coisas e O Livro da Dor.

"Um era mais horripilante do que o outro. Ao centro, o que parecia ser o líder carregava uma picareta manchada de sangue, cuja ponta ele esfregava cinicamente no chão. O segundo era como um cão raivoso, com a boca espumante. O terceiro era um catarrento que intercalava seus grunhidos com incontroláveis espirros que espalhavam catarro ensanguentado por onde ele passava. O quarto parecia um chacal, cujo riso realçava as bochechas rasgadas que deixavam à mostra seus dentes podres. O quinto parecia uma espécie de sonâmbulo, com os olhos fechados, as mãos para a frente e o pescoço quebrado, caído para o lado. O sexto talvez fosse o mais perturbador de todos, um depravado que andava balançando o quadril, enquanto ria e se insunuava tal qual uma macaca no cio. E o sétimo era um linguarudo com a mais horrível das mutilações: sem a mandíbula, sua língua ficava pendurada para fora, balançando como os testículos de um búfalo ensandecido."
(Branca dos Mortos e os 7 Zumbis)


Algumas da histórias eu achei um pouco bobinhas, e os 3 primeiros contos quase me fizeram desistir do livro, ainda bem que eu não desisti porque eu acabei gostando muito, o final de todos os contos são bastante surpreendentes. Fábio misturou as histórias que já conhecemos com as supostas verdadeiras versões e ainda deu um toque sombrio próprio. Além disso, se prestarmos atenção, podemos ver que todos os contos do livro estão interligados. Eu esperava mais terror e menos sangue, mas acho que se fosse como eu estava esperando, perderia de certa forma a essência.

Exibindo 20161214_074931.jpg


"Ninguém, nem naquele reino nem em nenhum outro, pobre ou rico, encarnado ou desencarnado, jamais escapará aos desígnios que ingenuamente engolfamos em ilusões didáticas como “karma”, “providência” ou “justiça”. Esses mistérios, que quanto mais tarde compreender-vos, melhor será, cedo ou tarde se revelarão a todo homem e mulher, trazendo conforto a poucos e horror para a maioria, num tempo em que o mundo dos sonhos estará fechado para sempre." (João, Maria e Os Outros)

As ilustrações no começo de cada história são maravilhosas. E o prefácio é do escritor Eduardo Spohr, autor de A Batalha do Apocalipse.

NOTA: ✪✪✪✪

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Incentive o blog! Comente o post com sua opinião ou sugestão, todos os comentários são bem-vindos, exceto os ofensivos. Deixe seu link caso você também tenha um espaço. Muito obrigada!