sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Precisamos falar sobre ansiedade


Oi oi gente!
Eu  sei que o blog no geral é sobre entretenimento, mas eu decidi começar a falar sobre algumas coisas diferentes aqui, que talvez possa ajudar muita gente.
Achei melhor começar por uma coisa que eu conheço bastante e infelizmente muitas pessoas também. Faço faculdade de Psicologia e acredito que é muito importante falar sobre saúde mental.

Eu não sabia que tinha problemas com ansiedade até começar a fazer psicoterapia por causa da faculdade (estudantes de psicologia são orientados a fazer), eu passei por uma entrevista inicial e alguns testes até ser feito o "diagnóstico". O sintoma mais presente em mim é a falta de controle sobre pensamentos, pessimismo e catastrofização. Eu particularmente acho algo bem difícil de lidar e as mudanças de humor e algumas crises são bastante frequentes. Não fiz nenhum tipo de tratamento medicamentoso, mas fazia psicoterapia toda semana durante 5 meses. Os sintomas e minha maneira de lidar com eles diminuíram bastante, além de ter mudado certos comportamentos que me deixavam ansiosa. é de extrema importância a busca por ajuda, a qualidade de vida aumenta muito quando se é iniciado algum tipo de tratamento.

Levantamentos da Organização Mundial da Saúde (OMS), mostram que atualmente cerca de 33% da população mundial sofre de ansiedade. O Brasil tem aparecido sempre entre os primeiros das listas da organização. (Janeiro de 2016)

No dicionário: 
ansiedade
substantivo feminino
1. grande mal-estar físico e psíquico; aflição, agonia.
2. fig. desejo veemente e impaciente.
3. fig. falta de tranquilidade; receio.
4. psicop estado afetivo penoso, caracterizado pela expectativa de algum perigo que se revela indeterminado e impreciso, e diante do qual o indivíduo se julga indefeso.

Na Psicologia: 
A nível geral pode definir-se a ansiedade como um estado psíquico de apreensão ou medo devido à antecipação de uma situação desagradável ou mesmo perigosa, acompanhado de sintomas somáticos de tensão. O foco de perigo antecipado pode ser interno ou externo.

Os transtornos de ansiedade são doenças relacionadas ao funcionamento do corpo e às experiências de vida. A pessoa pode se sentir ansiosa a maior parte do tempo sem nenhuma razão aparente ou pode ter ansiedade apenas às vezes, mas tão intensamente que se sentirá imobilizada. 

A ansiedade patológica pode ter, de um modo geral, três origens:
- A Doença Física (por exemplo, o hipertiroidismo), tratando-se neste caso duma “ansiedade secundária” que desaparece após o tratamento adequado;
- As Perturbações Ansiosas «propriamente ditas» (a ansiedade generalizada, as crises de pânico, as fobias, a perturbação obsessivo-compulsiva ou o síndrome de pós - stress traumático);
- Outras doenças mentais que não as acima referidas e que também aparecem frequentemente acompanhadas por ansiedade intensa (tais como a depressão, as psicoses e a perturbação maníaco-depressiva);

Os transtornos da ansiedade têm sintomas muito mais intensos do que aquela ansiedade normal do dia a dia. Eles aparecem como:
- Preocupações, tensões ou medos exagerados (a pessoa não consegue relaxar);
- Sensação contínua de que um desastre ou algo muito ruim vai acontecer;
- Preocupações exageradas com saúde, dinheiro, família ou trabalho;
- Medo extremo de algum objeto ou situação em particular;
- Medo exagerado de ser humilhado publicamente;
- Falta de controle sobre pensamentos, imagens ou atitudes, que se repetem independentemente da vontade;
- Pavor depois de uma situação muito difícil.


O diagnóstico é realizado através de uma série de ferramentas diagnósticas como: a presença e identificação dos sintomas, testes e escalas específicas sobre ansiedade; e ainda a verificação com exames laboratoriais que podem se revelar alterados.

Existem três tipos de tratamento para os transtornos de ansiedade:
- Medicamentos (sempre com acompanhamento e receita médica);
- Psicoterapia com psicólogo ou médico psiquiatra;
- Combinação dos dois tratamentos (medicamentos e psicoterapia).

Algumas técnicas de relaxamento também ajudam muito e yoga
Então é isso pessoal! Eu não entrei em muitos detalhes porque o post ia ficar muito grande, mas se vocês quiserem a parte 2, é só pedir nos comentários ❣


Um comentário:

Incentive o blog! Comente o post com sua opinião ou sugestão, todos os comentários são bem-vindos, exceto os ofensivos. Deixe seu link caso você também tenha um espaço. Muito obrigada!